BRASIL LIBERTO E PRÓSPERO

Obs.: A presença do povo neste Evento deverá ser pelas redes sociais, através de ASSINATURAS ELETRÔNICAS apostas nesta PETIÇÃO OFICIAL do GOVERNO DO BRASIL.


ASSINE AQUI

e Leia a Ata e o Convite mais abaixo

**sua assinatura**



292 assinaturas

Compartilhe com seus amigos:

   

Total de Assinaturas: 292


 

O POVO brasileiro nascido da Doutrina Cristã, acredita na LEI, operada pelo DIREITO e consolidada pela JUSTIÇA, que tem a sua força coercitiva nas Forças Armadas, estabelecidas por Deus como seus “MINISTROS ARMADOS PARA ELIMINAR OS MAUS EM SEGURANÇA DOS BONS” reagiu contra a tirania terrorista pela INTERVENÇÃO CONSTITUINTE NO PROCESSO HISTÓRICO, que a Constituição institui para substituir a revolução armada, o golpe de estado e a deposição de governo, e no dia 29 de dezembro de 2.017, em reunião constituinte no Congresso Nacional perante os poderes constitucionais, instituições e órgãos públicos, tomou posse na Instituição da Presidência da República com o cidadão Celio Evangelista Ferreira do Nascimento instituído Presidente Constituinte do Brasil, e o Gen. de Ex. Geraldo Antônio Miotto instituído Vice-Presidente do Brasil. Os quais, no dia 05 de junho de 2.019, por esta ATA DE INSTALAÇÃO DO EXPEDIENTE DO GOVERNO DO BRASIL empreendido pelo povo, dá início à construção da CIVILIZAÇÃO CONSTITUCIONAL ESPIRITUALISTA RELIGIOSA TRABALHISTA PATRIMONIAL BRASILEIRA pelo “Ideário da Revolução de 64” que vem com o PROJETO AMAZÔNIA – Soberania, Poder e Riqueza pelo caminho da roça, com o patrimônio de US$ 243 trilhões a ser empreendido e US$ 985 trilhões de lastro de emissões para empreende-lo pela ECONOMIA TRABALHISTA EDUCATIVA formada do COOPERATIVISMO DE ESTADO feito de iniciativa privada e governo, campo e cidade na transformação da tríade patrimonial originária:

HOMEM-TERRA-NATUREZA em PROGRESSO para QUALIDADE DE VIDA,

regida pelas Leis de Deus escritas no DNA humano: “Com o suor do rosto terás o pão” “Ame o próximo como a si mesmo,” “Seja cultivador da terra,” sobre a hombridade, a honradez, o caráter e a lucidez. O canteiro de obras do PROJETO AMAZÔNIA que vai transformar os Dez Mandamentos e a Constituição em pratica de vida do povo brasileiro na execução da única finalidade da espécie humana na Criação, que é: procriar-sobreviver-raciocinar, fica definido pelo:

1) PROGRAMA GOVERNAMENTAL DE RESSURREIÇÃO INTELECTUAL DA NAÇÃO, que vai acabar com o ideologismo, imaginativismo, verborragias, dialetismo, doutrinismo, filosofismo, pedagogismo e sentimentalismos, e recuperar a nação à regência da racionalidade, lucidez, soberania de consciência;

2) LASTRO DE EMISSÕES À PROMOÇÃO DO PROGRESSO PARA QUALIDADE DE VIDA, que vai acabar com o desemprego, a pobreza, o analfabetismo, a doença, o vício, o crime e a desagregação da nação;

3) SISTEMA PREVIDENCIÁRIO FINANCEIRO DO BRASIL, que vai acabar com a corrupção, a agiotagem, a concentração de renda, as fachadas, a propaganda e o consumismo;

4) SISTEMA MILITAR BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO E GOVERNO que vai acabar com a desintegração da família, o apodrecimento moral da nação, as organizações criminosas e os ciclos econômicos.

Em 120 dias da data em que as Forças Armadas instalarem Celio Evangelista Ferreira do Nascimento e Geraldo Antônio Miotto no Palácio do Planalto, o Brasil será um pais sem dívida pública; sem nenhuma pessoa desempregada e sem nenhum agricultor sem propriedade. As Forças Armadas integram o GOVERNO DO BRASIL com o Exército tomando conta da infraestrutura terrestre de construção do País; a Marinha tomando conta da infraestrutura fluvial, e a Aeronáutica tomando conta da infraestrutura aérea e aeroespacial; para isso já está entregue a elas R$ 800 bilhões para a instalação dos respectivos canteiros de obras.

A presença da nação neste evento deve ser pelas redes sociais, com as assinaturas eletrônicas. Iniciando com: Celio Evangelista Ferreira do Nascimento, Presidente Constituinte do Brasil; gen. de ex. Geraldo Antônio Miotto, Vice-Presidente Constituinte do Brasil – Gen. de Ex. Edson Leal Pujol, Comandante do Exercito; Alm. De Esq. Ilques Barbosa Júnior, Comandante da Marinha; Tnte. Brig. do Ar. Antônio Carlos Moretti Bermudes, Comandante da Aeronáutica.

Conheça os últimos documentos oficiais